Respiração

Respirar é um ato espontâneo do ser humano. A vida começa com uma inspiração e termina com uma expiração.

Ao longo da vida deixamos a respiração no automático, mas toda vez que prestamos atenção no ar entrando e saindo, no corpo expandindo e contraindo, nos colocamos presentes de verdade.

Com uma respiração consciente conseguimos controlar pensamentos, sentimentos, o medo, a ansiedade, a frequência cardíaca.

Por isso, para a gestante, é importante respirar bem! A respiração da mãe abastece também o bebê.

Sugiro sentar-se confortavelmente, numa cadeira com os pés bem apoiados e as costas alongadas, ou de pernas cruzadas e coluna alongada, ou ficar de pé, em tadasana, e apenas respirar.

Sinta o ar entrando e saindo pelas narinas, acompanhe seu caminho. Perceba o corpo expandir: abdomen, peito… e contrair: peito, abdomen.

Vá relaxando ombros, pernas, todos os músculos que perceber tensos. E continue prestando atenção à respiração por uns instantes, afastando os pensamentos relacionados ao passado ou ao futuro.

Pratique esta preparação primeiro, depois vá experimentando os pranayamas.